top of page
Buscar
  • contatoabwf

Você conhece o sistema construtivo wood frame?



O sistema construtivo wood frame traduzido livremente como “sistema de construção leve em madeira” é considerado como o mais moderno para construção eficiente de casas e edificações de até 6 pavimentos ao redor do mundo, especialmente nos países desenvolvidos como Estados Unidos, Canadá, Alemanha, Suécia, Finlândia.


A utilização do sistema construtivo em wood frame propicia versatilidade de formas e acabamentos e a possibilidade de industrialização e transporte de toda ou parte da residência. Além disto, a principal matéria-prima utilizada é a madeira proveniente de florestas plantadas que passa processo de tratamento, um material resistente e durável nas estruturas internas das paredes, pisos e telhados. Sendo assim, a maior parte dos materiais utilizados tem origem vegetal, são provenientes de fontes renováveis com baixíssimo consumo de energia para a produção, não poluentes, reduzem o efeito estufa e permitem o dimensionamento do conforto térmico e acústico da edificação, atingindo níveis de desempenho superiores aos das casas de alvenaria convencional.


“Desta forma podemos considerar esse sistema como a melhor opção para construção civil, agregando valores como sustentabilidade, qualidade de vida, conforto térmico e acústico, sofisticação, praticidade, durabilidade, entre outros fatores que podem ser facilmente implementados como conceito de casa ecológica e inteligente”, afirma o vice-presidente, Guilherme Stamato.


Mas efetivamente o que é o sistema wood frame?

O sistema wood frame tem paredes compostas por uma ossatura madeira (montantes, vergas, etc.) e chapas de OSB (Oriented Strand Board) ou compensado pregadas aos montantes de madeira, que formam painéis rígidos, que resistem às cargas verticais de gravidade e às ações de vento.


As estruturas internas das paredes devem ficar protegidas, sendo revestidas de várias formas, resultando em uma grande versatilidade de revestimentos que podem ser aplicados, tanto nas paredes internas quanto nas externas. Nas paredes internas, geralmente utiliza-se gesso acartonado, no sistema conhecido como “drywall”.


Nesse sistema, as áreas molhadas não precisam ser construídas em alvenaria, mas devem receber soluções técnicas de impermeabilização que garantem que a umidade não chegue no interior das paredes.

Outra vantagem do sistema é que pode ser executado utilizando instalações elétricas e hidráulicas convencionais, mas oferece uma grande vantagem para utilização de sistemas mais modernos, como mangueiras flexíveis tipo PEX, por exemplo, que agregam a agilidade de execução com baixa manutenção.

80 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page